segunda-feira, 4 de abril de 2016

Bolo de chocolate e coco



Hoje trago-vos um bolo simples, excelente para acompanhar um café ou chá. A receita saiu da revista Teleculinária Gold nº124 e foi feito para oferecer a uma pessoa amiga. Aumentei um pouco à receita para poder fazer um mini bolo para o nosso lanche, mas deixo-vos aqui a receita original. Votos de uma excelente semana para todos.




Ingredientes:
  • 250 g de farinha
  • 180 g de açúcar
  • 150 g de manteiga (reduzi para 100 g)
  • 40 g de chocolate em pó (juntei mais 2 colheres de sopa de cacau magro em pó)
  • 40 g de coco ralado (aumentei para 60 g)
  • 6 ovos
  • 1 colher de sobremesa de fermento
  • raspa de limão q.b. (usei 1 limão pequeno)
  • manteiga para untar e farinha para polvilhar



Preparação:

Comece por aquecer o forno a 180º e por preparar a forma untando-a com manteiga e polvilhando com farinha.

Bata o açúcar com a manteiga e a raspa de limão até obter um creme fofo e depois junte os ovos uma a um.

Envolva a farinha e o fermento no preparado, preferencialmente previamente peneirados.

Divida a massa em duas partes iguais e envolva numa o coco e noutra o chocolate em pó. Junte as dois preparados na forma e leve ao forno por cerca de 35 minutos ou até estar devidamente cozido.

Polvilhei com açúcar de confeiteiro só para lhe dar uma graça, mas isso fica ao critério de cada um.





quinta-feira, 31 de março de 2016

Creme de ervilhas e maçã com ovo



Hoje trago-vos mais uma sopa, que na minha opinião é bastante agradável e tem um sabor levemente adocicado. Utilizei ervilhas caseiras que ainda tenho na arca e 2 maçãs que estavam a pedir para serem comidas. Os ovos são das minhas galinhas e combinam na perfeição com o creme. 




Ingredientes:
  • 1 cebola
  • 2 dentes de alho
  • azeite q.b.
  • 1 curgete
  • 1 cenoura
  • 2 maçãs
  • 2 chávenas grandes de ervilhas
  • 4 ovos
  • sal a gosto 
  • cebolinho q.b.



Preparação:

Refogue a cebola, cortada em meias luas, juntamente com os alhos socados num fio de azeite. Quando a cebola começar a ficar translucida acrescente a curgete, a cenoura e as maçãs partidas em pedaços pequenos e deixe os legumes cozinharem um pouco em lume brando.

Junte então as ervilhas e cubra os ingredientes com água. Tempere com sal e espere que tudo esteja cozido. Triture tudo com a varinha mágica e retifique tempero e consistência. 

Coza os ovos, pique-os grosseiramente e adicione o cebolinho picado. Sirva a sopa com esta mistura de ovos e cebolinho.



quarta-feira, 30 de março de 2016

Cheesecake de forno com frutos vermelhos



Gosto imenso de cheesecake, principalmente os de forno. Depois der ter visto duas receitas fantásticas em 2 blogs que sigo, resolvi fazer um mix e o resultado é este que vos trago hoje. A base é feita com cookies de chocolate e a ideia saiu do blog O Barriguinhas. Quanto ao creme segui a receita do blog Ponto de Rebuçado, embora tenha reduzido um pouco as doses. A cobertura é da minha autoria e não é muito doce para contrastar com as cookies de chocolate.




Ingredientes:

Para a base
  • 125 g de bolachas tipo cookies de chocolate
  • 80 g de margarina liquida
Para o creme
  • 400 g de queijo creme tipo Philadelphia
  • 175 g de açúcar
  • 1 colher  de sobremesa de farinha de milho
  • 2 ovos grandes
  • 1 colher de sopa de sumo de limão
Para a cobertura
  • 300 g de frutos vermelhos
  • 4 colheres de sopa de açúcar



Preparação:

Triture as bolachas e misture-as com a margarina. Forre com elas o fundo de uma forma com fundo amovível, calcando bem de modo a cobrir uniformemente toda a base e reserve. 

Bata o queijo com o açúcar por uns minutos antes de adicionar a farinha seguida dos ovos, um de cada vez e por último o sumo de limão. Verta o preparado sobre a base de bolacha e leve ao forno pré-aquecido a 160º por 45 minutos. 

Entretanto, prepare a compota de frutos vermelhos levando-os ao lume com açúcar em lume brando até atingir ponto estrada. 

Quando o cheesecake estiver pronto, desligue o forno e deixe-o arrefecer lá dentro. Depois é só desenformar e cobrir com o doce de frutos vermelhos que preparou.




terça-feira, 29 de março de 2016

Porco agridoce



A sugestão de hoje é um prato de inspiração asiática. Já cá o disse várias vezes que sou fã dos sabores da Ásia, mas não tenho qualquer tipo de formação na área e há muitos ingredientes que não conheço e nem sei onde encontrar por cá. De qualquer forma, inspirada nas minhas idas a restaurantes chineses e após algumas pesquisas, cheguei a esta versão de porco agridoce, que segundo o meu maior critico está igual ou até melhor.  




Ingredientes:
  • 400 g de lombo de porco
  • 1/2 pimento verde
  • 1/2 pimento vermelho
  • 1/2 cebola
  • 1 cenoura
  • 4 rodelas de ananás enlatado com sumo natural
  • 3 colheres de sopa de molho de tomate
  • 3 colheres de sopa de molho de soja
  • 2 colheres de sopa de vinagre de arroz
  • 1 colher de sopa bem cheia de açúcar
  • piripiri moído a gosto
  • 4 a 5 colheres de sopa de sumo de ananás da lata
  • 1 colher de sobremesa de amido de milho
  • 150 ml de água 
  • sementes de sésamo a gosto
  • azeite q.b.




Preparação:

Aqueça um tacho largo ou wok com um fio de azeite a aloure bem a carne de porco previamente cortada em cubos.

Corte a cenoura às rodelas e os pimentos e a cebola em pedaços não muito pequenos. Junte-os à carne e deixe refogar um pouco mexendo de vez em quando.

Entretanto prepare o molho. Coloque numa taça o molho de tomate, o molho de soja, o vinagre de arroz, o açúcar, o piripiri, o sumo de ananás e a água quente. Mexa tudo e dissolva no molho uma colher de sobremesa de amido de milho.

Adicione o molho à carne e acrescente o ananás partido em pedaços. Deixe cozinhar mais um pouco até o molho apurar e tendo o cuidado de não cozinhar demasiado os legumes que se querem crocantes. Polvilhe com sementes de sésamo a gosto.

Sirva este porco agridoce com um arroz ao seu gosto.





segunda-feira, 28 de março de 2016

Chicharro grelhado com molho de ervas e esmagada de batata, cenoura e feijão verde



Espero que a vossa Páscoa tenha sido recheada de coisas boas. Sei que para muitos a festa ainda não acabou, pois em várias zonas do país é hoje o dia da festa e da visita Pascal. Para esses desejo um dia em grande.
Por cá a festa já acabou e agora resta esperar pela próxima. Confesso que nos últimos dias cometeram-se alguns excessos entre folares, doces e chocolates e agora o corpo pede refeições mais leves. A sugestão de hoje é uma refeição bem simples, mas bastante agradável. Aliás, às vezes as coisas mais simples são mesmo as que nos sabem melhor. 




Ingredientes:

  • 1 chicharro grande
  • 1/2 pimento verde pequeno
  • rúcula q.b.
  • salsa q.b.
  • pimenta salgada a gosto
  • 1/4 de cebola
  • azeite q.b.
  • vinagre balsâmico q.b.
  • sal e pimenta a gosto
  • 1 pitada de alho em pó
  • 2 batatas
  • 2 cenouras
  • 1 molho de feijão verde
  • 1 pitada de noz moscada



Preparação:

Arranje e escale o chicharro, retirando-lhe as espinhas centrais e a cabeça. Tempere com sal e grelhe de ambos os lados.

Coza a batata com a cenoura às rodelas em água temperada com sal. Arranje o feijão verde, corte-o ao meio e coza-o também. Esmague as batatas com a cenoura depois de cozidas e misture o feijão verde. Regue com azeite e tempere com pimenta branca e noz moscada.

Para o molho, pique a cebola, a salsa, a  rúcula e a pimenta salgada para uma taça. Corte o pimento verde em pequenos cubos, junte-o à taça e tempere generosamente com azeite, vinagre balsâmico, sal, alho em pó e pimenta a gosto.

Sirva o peixe grelhado regado com o molho de ervas e acompanhado pela esmagada de batata, cenoura e feijão verde.




domingo, 27 de março de 2016

quinta-feira, 24 de março de 2016

Folar de carnes na MFP



E o fim de semana da Páscoa está aí a chegar... Confesso que não temos grandes tradições para esta quadra, com exceção para as amêndoas de chocolate que o guloso do meu "sócio" não dispensa e às quais eu acabo por não resistir como devia... Mas este ano resolvi fazer um folar de carnes e dar uso à minha máquina de fazer pão (MFP) que estava parada há bastante tempo. Utilizei-a apenas para amassar e levedar a massa e depois levei-o ao forno para cozer. Não fiz exatamente o tradicional folar transmontano, embora a base do mesmo esteja lá, porque resolvi dar-lhe um toque diferente.




Ingredientes:
  • 250 g de farinha integral
  • 250 g de farinha de trigo sem fermento (T65)
  • 100 ml de azeite
  • 2 colheres de sopa de manteiga
  • 50 ml de água morna
  • 1 colher de café bem cheia de sal fino
  • 1 colher de chá de tomilho seco
  • 1 colher de chá de oregãos secos
  • 6 ovos e 1 gema à temperatura ambiente
  • 1 saqueta de fermento de padeiro seco (4,6 g)
  • 100 g de chouriço picante
  • 100 g de chourição em fatias
  • 100 g de presunto (naco)
  • azeitonas pretas descaroçadas às rodelas a gosto
  • salsa fresca picada q.b.
  • 1 colher de sopa de leite
  • mistura de sementes a gosto (usei linhaça, sésamo e girassol)



Preparação:

Coloque na cuba da MFP os 6 ovos batidos, a água morna, o azeite e a manteiga derretida. Peneire ambas as farinhas, junte o sal, o tomilho e os oregãos e verta para a cuba. Por último adicione o fermento de padeiro e selecione o programa para Massa. Deixe a máquina amassar e levedar durante os 90 minutos que leva o programa.  

Entretanto, retire a pele ao chouriço e parta-o às rodelas, parta o chourição em pedaços e o presunto em cubos. Junte as azeitonas às rodelas e a salsa picada. Misture tudo e reserve.

Quando a máquina terminar o programa, retire a massa da cuba, coloque-a sobre uma superfície enfarinhada e divida-a em 3 partes iguais.

Unte uma forma com azeite e forre o fundo com uma das partes da massa. De seguida, distribua metade da mistura de carnes, cubra com outra parte da massa, faça mais uma camada de carnes e termine com a terceira parte de massa.

Polvilhe com a mistura de sementes e pincele com a gema de ovo misturada com o leite. Leve ao forno pré-aquecido a 190º por cerca de 45 - 50 minutos ou até verificar que o folar está cozido.




quarta-feira, 23 de março de 2016

Bolo de limão e coco com sementes de papoila



Sim, a semana vai a meio, mas estamos em época de festa... As mesas enchem-se de coisas boas e gulosas e não se olha a dietas. Por isso trago-vos um bolo delicioso e muito aromático que com toda a certeza vai ser do agrado da maioria.



Ingredientes:
  • 1 e 1/2 chávena de açúcar amarelo
  • 4 ovos
  • 80 ml de margarina liquida
  • 140 g de coco ralado
  • 1 limão
  • 1 chávena de farinha de trigo com fermento
  • 1 chávena de farinha integral
  • 1 pitada de sal
  • 1 colher de sobremesa de fermento em pó
  • 3/4 de chávena de água quente
  • 3 colheres de sobremesa de sementes de papoila
  • 1 chávena de leite



Preparação:

Separe as gemas das claras e bata as gemas com o açúcar e a margarina até obter uma mistura homogénea. Adicione a raspa de 1/2 limão e reserve a casca restante antes de o espremer e acrescentar o sumo à mistura. Continue a bater e junte o coco ralado.

Peneire ambas as farinhas com o fermento e o sal e misture com o preparado anterior mexendo com uma colher de pau. Junte a água quente aos poucos e vá mexendo antes de adicionar as sementes de papoila. Por fim, bata as claras em castelo e envolva-as delicadamente na massa.

Unte uma forma com manteiga, polvilhe-a com farinha e verta nela o preparado. Leve ao forno pré-aquecido a 180º por cerca de 50 minutos. Confirme a cozedura com o teste do palito antes de o retirar do forno.

Ferva 1 chávena de leite com a casca da metade do limão que reservou. Se quiser que o bolo fique mais doce pode também adicionar açúcar a gosto ao leite. Com o bolo ainda na forma, fure-o vária vezes com um palito e verta sobre ele o leite aromatizado. Deixe arrefecer completamente antes de o desenformar.





terça-feira, 22 de março de 2016

Bolinhos de chili



Já ouviram falar em bolinhos de feijoada? É um petisco brasileiro e só há pouco tempo ouvi falar neles. Tendo em conta que eu adoro feijoada resolvi pesquisar em que consistem estes bolinhos. Pois bem, o que eu fiz não foi propriamente bolinhos de feijoada, mas foi neles que me inspirei. Há uns dia atrás fiz chili, prato que ambos apreciamos e que já há muito não fazia. No dia seguinte, olhando para as sobras, resolvi experimentar estes bolinhos.
Sim, são fritos... não são o prato mais saudável do mundo, mas são bastante saborosos. O chili, tal como é esperado, estava bem temperado o que ajudou. E assim se reciclou uma refeição...




Ingredientes:
(adaptar as quantidades às sobras)
  • sobras de chili
  • couve galega
  • azeite
  • sal 
  • alho em pó
  • farinha de milho
  • ovo
  • pão ralado
  • óleo para fritar



Preparação:

Corte a couve em juliana e dê-lhe uma fervura rápida. Escorra-a bem e depois salteie-a num fio de azeite e tempere com sal e alho em pó. Reserve.

Misture farinha de milho no chili na menor quantidade possível. A ideia é só engrossar um pouco de forma a conseguir moldar os bolinhos.

Recheie cada bolinho com couve salteada, passe por farinha de milho, de seguida por ovo batido e por fim por pão ralado.

Frite os bolinhos em óleo e coloque-os após sobre papel absorvente antes de os servir ainda quentes.





segunda-feira, 21 de março de 2016

Couscous com peru, cogumelos, espargos e passas



E já estamos na Primavera! Não sei se sentem o mesmo, mas eu acho que o tempo passa cada vez mais depressa... De qualquer modo, esta é uma estação que eu gosto particularmente. Daqui a dias muda a hora e os dias começam a ficar maiores. É tão bom! E com o tempo a melhorar começa a apetecer umas refeições mais leves como a que vos trago hoje.




Ingredientes:
  • 1 chávena de couscous
  • 2 chávenas de água
  • 6 cogumelos paris
  • 6 espargos verdes (usei congelados)
  • 4 colheres de sopa de milho 
  • 1 punhado de uvas passas
  • 2 bifes de peru
  • sal e pimenta a gosto
  • 1 pitada de alho em pó
  • mostarda q.b.
  • 1 colher de chá de açafrão em pó
  • 1 colher de café de filamentos de açafrão (opcional)
  • 1 colher de café de cominhos em grão
  • azeite q.b.



Preparação:

Coloque o couscous numa taça e adicione os cominhos em grão, o açafrão em pó e em filamentos, um fio de azeite e sal a gosto. Cubra com 2 chávenas de água a ferver, mexa e tape com um prato. Deve repousar por cerca de 5 minutos.

Tempere os bifes de peru com sal, pimenta, alho em pó e mostarda e massaje bem a carne de ambos os lados. Aqueça um grelhador de fogão e quando bem quente grelhe a carne de ambos os lados.

Lamine os cogumelos e parta os espargos em pedaços. Aqueça uma frigideira antiaderente, coloque um fio de azeite e salteie os cogumelos com os espargos. Quando começarem a ganhar cor, junte o milho e as uvas passas. Tempere com sal e pimenta a gosto.

Entretanto o couscous já absorveu a água e está pronto. Mexa-o bem com um garfo para soltar os grãos e junte-o aos ingredientes da frigideira. Envolva tudo, corrija temperos e se necessário regue com um fio de azeite.

Sirva o couscous com os bifes de peru cortados em pedaços.




sexta-feira, 18 de março de 2016

Creme de cenoura com brócolos salteados com sementes de sésamo



Uma sopa vai sempre bem e por cá, nesta altura do ano, serve muitas vezes de jantar acompanhada por mais qualquer coisa à laia de snack.




Ingredientes:
  • 1 cebola
  • 2 dentes de alho
  • 3 curgetes pequenas
  • 1 alho francês (parte branca)
  • 6 cenouras médias
  • 1 brócolo
  • azeite q.b.
  • sementes de sésamo a gosto
  • sal e pimenta branca q.b.



Preparação:

Corte a cebola em meias luas e leve-a a refogar numa panela com um fio de azeite. Junte os alhos socados e quando a cebola começar a amolecer adicione o alho francês cortado às rodelas. Deixe refogar um pouco e vá mexendo para depois adicionar as curgetes e as cenouras às rodelas. Deixe os legumes suar um pouco em lume brando antes de os cobrir com água. Tempere com sal a gosto.

Quando os legumes estiverem quase cozidos, dê uma fervura aos brócolos partidos em floretes até que fiquem al dente. Escorra-os muito bem e reserve. Aqueça um frigideira e adicione as sementes de sésamo para que tostem e libertem sabor. Quando começarem a saltar, junte um fio de azeite (pouco) e os brócolos. Tempere com sal e pimenta a gosto e salteie-os juntamente com as sementes.

Com os legumes cozidos, triture tudo com a varinha mágica até obter um creme homogéneo. Corrija tempero e quantidade de água se necessário. Sirva o creme com os brócolos salteados com sementes de sésamo.





terça-feira, 15 de março de 2016

Bolo de chocolate com curgete e amêndoa



Quem resiste a um bolo de chocolate fofo e húmido? Pois este bolo é assim, fofo e húmido e com pedacinhos de amêndoa crocante. Não cheguei a tirar foto a uma fatia e é uma pena pois gostava de vos mostrar o interior. 




Ingredientes:
  • 2 chávenas de açúcar
  • 3 chávenas de curgete ralada (1 curgete média/grande)
  • 2 chávenas de farinha de trigo
  • 4 ovos
  • 1 colher de chá de extrato de baunilha
  • 1 colher de chá de fermento
  • 2 colheres de chá de bicarbonato de sódio
  • 75 g de chocolate em pó
  • 100 ml de margarina liquida
  • 4 colheres de sopa de amêndoa granulada
  • 1 pitada de sal



Preparação:


Ligue o forno a 180º e prepare uma forma untada com margarina e polvilhada com farinha. 

Bata os ovos com o açúcar e adicione o extrato de baunilha. Entretanto, rale a curgete com a casca e reserve. Aqueça uma frigideira e toste ligeiramente as amêndoas granuladas.

Adicione a margarina liquida aos ovos com o açúcar e continue a bater mais um pouco até obter um creme fofo e homogéneo.

Peneire a farinha com o fermento, uma pitada de sal e o bicarbonato de sódio e incorpore na massa sem bater. Acrescente 75 g de chocolate em pó também polvilhado, envolva e de seguida adicione a curgete ralada e a amêndoa granulada. Misture tudo, verta o preparado para a forma  e leve ao forno por cerca de 50 - 60 minutos. 

Faça o teste do palito antes de o retirar do forno e deixe arrefecer um pouco antes de desenformar.




segunda-feira, 14 de março de 2016

TAG - A irmandade das blogueiras




Este meu cantinho foi nomeado pelo blogue Guloso qb ... para dar continuidade à Tag- A irmandade das blogueiras. Para quem não conhece ainda este blog, aproveitem agora para espreitar que eu garanto que vão querer voltar. 
É com grande prazer que aceito o desafio proposto pela Carla Ramalho e como tal aqui ficam as minhas respostas às questões que me colocou.



1 - Algum dia pensaste ser blogger?

Não propriamente ser blogger... A verdade é que sempre gostei de seguir blogs, nomeadamente de culinária, e como também gosto de fazer as minhas experiências culinárias, um dia pensei "E porque não também partilhar o que faço?". Dias depois lá nasceu o Pitadas de coisas boas...


2 - O que é que o blog trouxe de novo para a tua vida?

Acima de tudo obriga-me a tentar inovar e recriar todos os dias e a não deixar que a minha ligação à cozinha caia na rotina :)


3 - Onde encontras inspiração para publicar?

Por todo o lado... Nos blogs que sigo, nas revistas e livros de culinária que leio, nos programas de TV que vejo, nos jantares em casa de amigos, nos restaurantes que frequento, nas viagens que faço... 


4 - Quais as coisas que te fazem mesmo feliz, de sorriso de orelha a orelha?

Estar com as pessoas que amo e que preenchem a minha vida e claro, os meus cães.


5 - Qual o teu filme preferido?

Esta é muito difícil... Adoro cinema e tenho um gosto muito variado... De qualquer modo, e até porque está muito relacionado com o mundo da culinária, a minha escolha de hoje vai para A viagem dos cem passos. Se ainda não viram recomendo que o façam.


6 - Qual a tua maior virtude? E defeito?

Esta também é difícil... Talvez persistência e força de vontade contra uma teimosia jeitosa, que às vezes, mas só ás vezes até é algo positivo.


7 - Como definirias o meu blog?

Acho que é mesmo guloso! Gosto imenso dos teus posts, principalmente dos doces :)


8 - Doce ou salgado?

Salgado, embora ultimamente ande mais gulosa...


9 - Fama ou trabalho?

Sem dúvida, trabalho. Não acredito em fama sem trabalho!


10 - Cozinhar ou sentar à mesa?

 Ambos. Adoro cozinhar, mas também adoro comer!  


Agora cabe-me escolher 10 blogs para darem continuidade a esta TAG. Esta não é uma escolha fácil pois são imensos os blogs que sigo e adoro, mas os nomeados são:




E as minhas questões são:
  1. Como surgiu o teu blog?
  2. Qual o chef português com quem mais te identificas? E qual o estrangeiro?
  3. Qual é aquele livro de culinária que não te cansas de folhear?
  4. Entre as tuas melhores receitas, qual aquela que os teus amigos e familiares mais pedem que faças?
  5. Para um jantar à laia de petisco com amigos, quais as tuas sugestões de pratos práticos e económicos?
  6. A nível internacional, qual a cozinha que mais te fascina?
  7. O que não dispensas num brunch?
  8. Qual o ingrediente que não pode faltar na tua cozinha?
  9. Qual é a receita publicada no teu blog de que mais te orgulhas?
  10. Qual a tua opinião sobre a minha cozinha? 


sexta-feira, 11 de março de 2016

Cesta estaladiça de morcela, ananás e queijo



Com o fim de semana à porta deixo-vos uma sugestão simples e rápida de confecionar, mas que dá um toque requintado a qualquer jantar. Estas cestas podem ser preparadas com antecedência e levadas ao forno uns minutos antes dos convidados se sentarem à mesa. Desfrutem e tenham um excelente fim de semana!




Ingredientes:
(por cesta)
  • 1/2 folha de massa filo
  • 1/5 de morcela
  • 5 cubos de ananás fresco 
  • queijo mozzarella q.b.
  • oregãos secos q.b.
  • piripiri em pó (opcional)
  • azeite q.b.



Preparação:

Corte 1/2 folha de massa filo em 4 quadrados e sobreponha-as em forma de estrela, pincelando entre elas com azeite e polvilhando com oregãos.

Forre com a massa filo um ramequim e recheie o fundo com a morcela sem pele. De seguida, distribua os cubos de ananás e finalize com o queijo ralado. 

Polvilhe com oregãos e piripiri em pó e leve ao forno até a massa estar douradinha e estaladiça.




quinta-feira, 10 de março de 2016

Queques de ovo com cenoura, cogumelos, queijo azul e sementes



Hoje trago-vos uns ovos bem compostos em forma de queques, que resultam muito bem como entrada ou petisco e até mesmo para um brunch naqueles dias de preguiça. 




Ingredientes:
(para 6 queques)

  • 4 ovos tamanho L
  • 1/4 de cebola
  • 1 cenoura pequena
  • 1 cogumelo branco
  • 2 triângulos de queijo azul light
  • sal q.b.
  • mistura de pimentas moídas na hora
  • salsa seca q.b.
  • 1 pitada de alho em pó
  • oregãos q.b.
  • sementes de girassol q.b.
  • sementes de linhaça q.b.
  • sementes de sésamo q.b.



Preparação:

Bata os ovos e tempere-os com sal, mistura de pimentas moídas na hora, uma pitada de alho em pó e salsa e oregãos a gosto.

Pique 1/4 de cebola e 1 cogumelo branco e rale a cenoura. Distribua cada um dos ingredientes pelas formas de queque e acrescente os queijinhos também partidos em pedaços pequenos.

Verta os ovos batidos nas formas sem encher demasiado, pois eles ainda vão crescer um pouco no forno, e polvilhe com  a mistura de sementes a gosto.

Leve os queques ao forno pré-aquecido a 180º por cerca de 15 minutos ou até verificar que os ovos estão cozinhados e as sementes douradas.




quarta-feira, 9 de março de 2016

Pernas de frango com cogumelos e nozes em molho de mostarda



A sugestão de hoje, apesar de ser uma receita bem simples e que se prepara num instante, tem um toque diferente e reconfortante que consola estômago e alma. 




Ingredientes:

  • 2 pernas de frango
  • 6 a 8 cogumelos brancos
  • 1 fio de azeite
  • 1 colher de sopa de margarina
  • 2 colheres de sopa bem cheias de  mostarda
  • 100 ml de vinho branco
  • 2 dentes de alho
  • 1 iogurte natural
  • sal e pimenta a gosto
  • miolo de 6 a 8 nozes grosseiramente partidas
  • salsa q.b. 




Preparação:

Num tacho largo, aqueça 1 fio de azeite juntamente com 1 colher de sopa de margarina e aloure bem as pernas de frango de ambos os lados em lume alto. 

Quando bem lourinhas, reduza o lume, envolva-as em 2 colheres de sopa de mostarda e adicione os cogumelos e os dentes de alhos, ambos laminados, e deixe refogar um pouco. Tempere com sal e pimenta a gosto e regue com o vinho branco antes de tapar o tacho e deixar o frango cozinhar até ficar macio. 

Quando isto acontecer, acrescente o iogurte natural envolvendo-o bem e deixe o molho apurar. Retifique o tempero se necessário e finalize com as nozes.

Sirva acompanhado por arroz ao seu gosto e polvilhe com salsa picada.



terça-feira, 8 de março de 2016

Pizza com base de couve-flor



Andava há uns dias com vontade de comer pizza, até porque tínhamos planos de ir a uma pizzaria almoçar na semana passada e os planos saíram furados. Resolvi então matar o desconsolo em casa. Como ando em maré de testar novas receitas e ingredientes alternativos, fiz a base de couve-flor. Já tinha visto várias receitas e acabei por criar a minha versão. Tenho a dizer-vos que ficou aprovadíssima e como tal merece ser partilhada.




Ingredientes:

Para a base
  • 1 couve-flor com cerca de 450 g
  • 1 ovo
  • 40 g de queijo mozzarella ralado
  • 20 g de queijo flamengo ralado
  • 1 pitada de sal grosso
  • 1 pitada de alho em pó
  • oregãos secos a gosto
  • 1 colher de sopa mal cheia de farinha de arroz

Para a cobertura
  • 1 tomate bem maduro
  • 40 ml de vinho branco
  • oregãos q.b.
  • sal e pimenta a gosto
  • 1/4 de cebola
  • azeite q.b.
  • alho em pó a gosto
  • queijo mozzarella q.b.
  • 1 cogumelo branco laminado
  • 4 azeitonas pretas sem caroço
  • 2 fatias finas de presunto



Preparação:

Comece por pré-aquecer o forno a 220º juntamente com o tabuleiro onde vai colocar a base da pizza. Corte a couve-flor, depois de lavada e bem seca, em pedaços pequenos desperdiçando o caule. Coloque de seguida os pedaços num processador e triture até obter pequenos grãos.

Coloque os grãos num prato e leve ao microondas por cerca de 4 minutos na potência máxima. Após estarem cozidos, coloque-os sobre um pano fino e deixe arrefecer o suficiente até conseguir espremer e libertar a couve-flor do máximo de água que conseguir.

Depois de bem espremida coloque-a numa taça e adicione os restantes ingredientes, ou seja,  os queijos, o ovo inteiro, os temperos e a farinha. Esta última não é obrigatória, mas ajuda a ligar melhor a massa.

Misture tudo com as mãos e forme uma pequena bola. Coloque-a sobre papel vegetal e forme a base circular da pizza de modo a que não fique nem muito fina, nem muito grossa, e leve ao forno por cerca de 10 minutos ou até ficar douradinha.





Com a base da pizza pronta dedique-se à cobertura. Esta pode ser qualquer uma ao seu gosto ou com os ingredientes que tiver em casa.  

Esta levou molho de tomate caseiro e feito na hora. Para tal pique 1/4 de cebola e refogue num fio de azeite. Acrescente o tomate bem picado, deixe refogar mais um pouco e refresque com vinho branco. Tempere com sal, pimenta, oregãos e alho em pó e deixe o álcool evaporar e o molho apurar.

Coloque-o sobre a base da pizza, polvilhe com queijo mozzarella ralado, distribua o cogumelo laminado, as azeitonas às rodelas e as fatias de presunto em pedaços e cubra tudo com mais um pouco de queijo.

Leve a pizza novamente ao forno por cerca de 6 a 8 minutos ou até verificar que o queijo derreteu e está ligeiramente dourado. Depois é só deixar arrefecer um pouco antes de comer uma fatia e se surpreender com o resultado.